Ter um blog está definitivamente na moda, nem que seja para escrevermos daquelas coisas que ninguém quer ouvir...bem!!... como eu não ligo muito a essas coisices de moda, devo estar mesmo com necessidade de dizer coisas parvas e que não interessam nem ao menino Jesus :D Vamos lá ver o que sai daqui.

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Eu Indefinida

“ Eu não sou eu, nem sou outro. Sou qualquer coisa de intermédio”

...Eu mesma, num balanço equilibrado entre o isto e o aquilo, algures no meio do vulgar e do extraordinário. É um género de amizade secreta com uma certa demência, onde a memória é mantida intacta e misturada com uma pitada de estranheza ou loucura. Dispenso regularidade, oscilo numa bipolaridade de comportamentos entre o eu e o outro, porque eu não sou, vou sendo…

…definições para quê?!
.
Pandora 2009 (pode ser que um dia destes encontre uma imagem para este post)

6 comentários:

Enfermeiro disse...

Espero que te encontres ... :)

Gravepisser disse...

Sounds terribly interesting... ;)

(Louvável, a sanidade da loucura controlada, da vulgaridade estou eu pelos cabelos, irra...) ;)

Beijo

Pandora disse...

não me sinto perdida...gosdo desta indefinição ;)

Melga disse...

to be or not to be...
mas, ainda bem que hoje é diferente de ontem e o amanhã também será!
melhor ou pior?
diacho de indefinição!
Bjinhos***

joao disse...

será que essa tua indefinição não fará parte da tua propria definição? Parece-me que sim. ao ler a primeria frase criei logo na minha cabeça a idea de que irias falar da influenica da cultura e da sociedade em ti mesma, este "outro" que nos revelas. Mas a verdade e que me impressionaste, umavez que não estava nada á espera que esse outro fosse o teu proprio eu.

Rita disse...

Bem lá vou eu fazer a minha primeira e espero que de muitas passagens por este "coiso"... ao ler este post só pensava numa coisa é verdade! és aquela pessoa difícil de definir pelo facto de seres tu! a pandora, mais conhecida por pandy (va-se la saber pq...como e q alguem n consegue dizer pandora lol), aquela rapariga que quando ri faz rir tda a gente, aquela rapariga com ideias diferentes, aquela rapariga que um dia ainda vai construir um aspirador de nuvens (nunca me vou esquecer disso), aquela rapariga que partilha de muitos gostos iguais aos meus, aquela rapariga que se chama pandora e cujo nome se associa a uma das palavras mais importantes deste mundo... a Esperança! Enfim tudo isto para dizer que és uma pessoa espectacular :) mas tal como dizes e dificil definirmo-nos a nos proprios e sabes porque? porque vamos sempre depender dos outros que se encontram a nossa volta.. e como tal e impossivel definir visto que estamos sempre a mudar, estamos sempre a evoluir os nossos conhecimentos, enfim..estamos a viver! enquanto assim for seremos sempre um "Eu indefinido" ;)

Beijinho grande p ti******