Ter um blog está definitivamente na moda, nem que seja para escrevermos daquelas coisas que ninguém quer ouvir...bem!!... como eu não ligo muito a essas coisices de moda, devo estar mesmo com necessidade de dizer coisas parvas e que não interessam nem ao menino Jesus :D Vamos lá ver o que sai daqui.

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Existência Absurda


Já sentindo a falta de sentido para esta tal situação de estar à qual nomeiam existência. Perdida de esperar por uma resposta sobre a essência das coisas, da vida, da existência e do fim dela. 

Angustiada por saber que nunca encontrará um retorno às questões que lhe consomem o pensamento desde sempre. Mesmo assim, e embora fadigada, continua a mostrar esforço desmedido por se superar todos os dias, por responder às exigências mentais e físicas que a existência lhe determina. Mas com que propósito? O que será que a leva a continuar mesmo estando certa da sua finitude na terra?

Talvez seja o facto de equacionar algo após o fim, que a faz cumprir todos os dias, e contrariamente à sua real vontade, um leque de rotinas impostas pela sociedade em que vive.

E é certo que as vai continuar a cumprir mesmo não sabendo porquê, nem para quê, na esperança de que um dia, antes ou após o fim, o seu esforço se transforme em liberdade plena. 

Pandora Salvado

12/11/2015

Sem comentários: